quarta-feira, 8 de março de 2017

A arte de degustar café

Nesta tarde de sol imenso que parece ter chegado diretamente do verão, com uma força que me fez usar chapéu de palha durante a minha incursão ao exterior em busca de vitamina D, recebo pelo correio uma encomenda remetida pela conhecida marca de café que também tem nesta casa máquina e cápsulas variadas. 

Encaixada em elegante estojo de espuma negra, brilha, como uma jóia, uma colher. Um cartão explica-me que se trata de uma “exclusiva colher de degustação” para que eu “possa sentir os pequenos detalhes que só um verdadeiro apreciador repara” e convida-me para umas tais masterclasses em que os especialistas me farão aprofundar os meus conhecimentos sobre o café.

No verso do cartão, ensinam-me, desde logo, como deve ser feita a degustação em casa. São quatro pontos de instruções e, num deles, leio que devo sorver o café utilizando a colher ao mesmo tempo que forço a entrada de ar…

…Ao mesmo tempo que forço a entrada de ar? Ok. Certo. Trata-se de uma degustação em minha casa e como estou aqui sozinha até nem vou incomodar ninguém com a minha sorvedela.


23 comentários:

conta corrente disse...

Surreal!!!

Podes degustar, e nesse processo, sorver à vontade que a malta não se incomoda :)

Boa degustação

Manu disse...

Espero que tenhas feito uma boa degustação e que neste dia o sol que te obrigou a colocar o teu chapéu, brilhe de uma maneira especial.

Beijinhos Luisa

Majo Dutra disse...

É verdadeiramente cómico...
Hei-de experimentar.
Beijo ~~~~~~~~
~~~~~~~~~

Mona Lisa disse...

Para rir!

Degustaste o café?
Espero que sim e que te tenha sabido bem , tendo por companhia o SOL!

Beijinhos.

Portugalredecouvertes disse...


Luisa
posso sugerir música a acompanhar a degustação música alta do tipo ópera ou rock and roll para sobrepor-se à sorvedela ?!!
bom dia da mulher !
Angela

Célia Rangel disse...

Rindo e muito da cena que deve ter acontecido! Digno de um vídeo!
Amo café... sem nenhuma regra... que seja de bom aroma, forte e puro.
Abraço.

Ana Freire disse...

Espectacular!
Beber café já obriga a curso e livro de instruções, por este andar!...
Adoro café, tal como a comentadora anterior... sem regras... e com bom aroma, forte e puro...
As cápsulas de agora... nem sempre me satisfazem... muitas vezes, deixo a minha máquina de lado, para fazer café na minha cafeteirazinha especial de tirar cafés... saem sem espuma, e outros requintes... mas com um sabor à séria, e bem fortes como eu gosto... até parecem Red Bull... dando-me asas... :-D
Beijinho!
E agora vou espreitar as novidades que me escaparam por aqui, nos últimos dias...
Ana

cantinhodacasa disse...

Ahahhaha!
Também recebi, mas ainda não fiz a experiência.

Flor de Jasmim disse...

Boa degustação!
Confesso que gostei daquela parte do chapéu e do sol, trocaste o sofá por eles.

Beijinho

Janita disse...

Essas instruções que acompanham as modernas maquinetas para tudo e mais alguma coisa, fazem-me lembras as bulas que acompanham as caixas de medicamentos. Nunca leio. Se ler fico de tal modo preocupada com os efeitos secundários que se não morrer do mal morreria da cura.
Agora nada de bebe nem come, degusta-se...:)

Beijos, Luísa.

(Na minha caminhada de hoje, também já usei o meu sombrero. )

bea disse...

Dá-se esta gente ao trabalho de enviar uma colher toda almofadada como se nós, portugueses e amantes de café desde há séculos, fossemos com aquela colherzinha mudar o curso às papilas gustativas, inverter tudo, ganhar o céu verdadeiro e legítimo. Ele há coisas...

Gaja Maria disse...

:) que tenha sido uma boa degustação. Adoro café :)

Pedro Coimbra disse...

Um café de cafeteira de manhã ao pequeno-almoço, um Nespresso no meu gabinete depois de almoçar.
Já cheguei a beber 12 por dia!!

luisa disse...

Obrigada a TODOS e desculpem qualquer coisinha, digo sorvedela! :)
Gosto muito de café mas sou bem moderada no seu consumo. Um por dia, às vezes dois.

Chic' Ana disse...

Ahahah, ninguém se incomoda com um simples barulhinho =)
Beijinhos

Laura Ferreira disse...

para mim um curto em chávena fria sem açúcar e«, como tal, sem colher :)

Os olhares da Gracinha! disse...

Adoro café ... curto ... em chávena quente e "degusto_o" em dois goles ... 🙌
Bj

Os olhares da Gracinha! disse...

Adoro café ... curto ... em chávena quente e "degusto_o" em dois goles ... 🙌
Bj

AvoGi disse...

E nem convidados para um café!
Logo eu que sorvo e Lambo a colher
Kis :=}

Benó disse...

Deixaste-me a sorrir com a sorvedela e com toda a crónica de um bom café sorvido à japonesa, o povo que eu conheço que sorver a sopa é delicado e sinal de que estamos a gostar. Gosto duma "bica" bem tirada, sem açucar e deve vir quente para a mesa para quando estiver à minha temperatura, eu a beber dum trago ou dum sorvo.


cantinhodacasa disse...

Adoro café.
Mas só tomo o da manhã e o do almoço.

Manel Mau-Tempo disse...

colheres para café nunca me fazem falta... é como os iogurtes, nunca mexo

luisa disse...

Meus caros amantes de café, já que pelo que aqui leio todos o consomem, com ou sem açúcar, com ou sem colher (conheço quem não use açúcar mas mexa o café), de novo vos agradeço a companhia nesta degustação. :)