sábado, 4 de março de 2017

Quarto minguante


já não sei há quantas luas não a via, a lua.
surpreendeu-me neste meio da tarde
agora mesmo
aqui
mas vi que segue a sua rota minguante
como à míngua eu estou
de um sinal de ti.


14 comentários:

Manel Mau-Tempo disse...

estará todo o universo à míngua?

Célia Rangel disse...

Valeu esperar e com certeza em suas outras esperas, haverá de ser feliz...
Abraço.

Elvira Carvalho disse...

O tempo não tem estado de Luas...
Um abraço e bom Domingo

Flor de Jasmim disse...

Lindo!
Minha querida deixo o meu beijinho.

AvoGi disse...

Lua sol entardecer...
Quando o sol deixa espaço para a lua eu enterneço-me
Kis :=}

bea disse...

O firmamento é tão bonito e nós deixámos de olhar o céu. Mas ele continua lá, mesmo por detrás das nuvens. É uma certeza boa de que nos distraímos cm frequência

Manuel Veiga disse...

a lua é mentirosa...

bea disse...

Pois. E essa lua que lhe apareceu está a crescer:), foi assim que a gente aprendeu - forma de D, cresce; forma de C, diminui. Mas olhar o céu, com ou sem lua, é sempre bonito.
Bom domingo

luisa disse...

Manel MT,
Isso, ou então está numa de queixinhas. :)

Célia,
Já diz o povo que quem espera sempre alcança. :)

Elvira,
Pois não, nós é que não nos livramos de estados de alma. :)

Adélia,
Obrigada. Bom domingo.

AvoGi,
A lua é uma perdição minha. :)

Bea,
Tem toda a razão. Equivoquei-me com os quartos :) Mas como me dava jeito falar de minguante, fica mesmo assim. Até porque nos nossos devaneios podemos sempre fazer de conta. :)

Manuel Veiga,
Ou fingidora…

Graça Sampaio disse...

Lindo poema! Linda a nossa Lua e tudo o que em seu redor tecemos...

luisa disse...

Graça,
Eu encanto-me sempre com a lua... Obrigada.

Majo Dutra disse...

Achei a foto fantástica e muito bom o poema...
Abraço, Luisa.
~~~~~~~~

Briseis disse...

Eu vinha fazer o reparo mas vi que a Bea já o fez... e assim é a vida também, às vezes parece que vamos minguando, mas em breve iremos reparar que nos equivocamos. Afinal, crescíamos sem nos aperceber. =)

Ana Freire disse...

A lua é mentirosa...
Quando tem a forma de um D, está em fase crescente...
Mas adorei o texto!
Beijinhos
Ana