terça-feira, 2 de maio de 2017

Metades

Tenho um quadro para pintar. Pinto-o apenas com duas cores. Pinto metade da cor do céu quando o sol já declina e o azul empalidece. A outra metade é de ouro claro como são as gramíneas que já vão secando e cintilando nas bermas das estradas. Duas cores chegam bem para completar a obra. Tudo pode ser medido em metades. As duas metades de um quadro. Nós dois, metades de um sonho.

17 comentários:

Marta Martins disse...

Adorei o post e conhecer o blog!

AvoGi disse...

Duas metades que se conjugam é o ideal
Kis :=}

Manuel Veiga disse...

metades assimétricas, certamente.
para maior expressividade...

Gaja Maria disse...

Duas em um. Perfeito!
Beijinho

Rita Norte disse...

Adorei a última frase, é tão bonita!
Um beijinho

Catarina disse...

Os sonhos podem realizar-se... Que nao fiquem por metades. : ))
Gostei deste post, sim senhora! : )

Benó disse...

Nós dois, metades de um sonho que se juntam e formam um único sentir. Gostei.

Janita disse...

Para dar certo, terão de ser duas metades que se encaixem e completem...mas tu sabes isso, Luísa!!
Perfeito!!

:)

papoila disse...

Boa! Será que encontraste a tua metade???
Excelente., bjs

Isabel Pires disse...

Luísa, há metades que valem por inteiro.

Chic' Ana disse...

Duas metades que ao unirem se transformam num todo =)
Beijinhos

Laura Ferreira disse...

e essas metades serão decerto um todo.

beijinho Luísa

bea disse...

Julgo que podem existir quadros a duas cores. Mas há cores que resultam de mistura de outras e é o caso azul, creio.

luisa disse...

Marta Martins,
Obrigada e bem-vinda a este espaço.

AvoGi,
O ideal que sempre procuramos. :)

Manuel Veiga,
E tem, por certo, outro encanto. :)

GM,
Nem tudo é sempre perfeito, mas assim se deseja. :)

Rita Norte,
Que bom. Obrigada!

Catarina,
Ainda bem que muitos sonhos se tornam realidade.:)

Benó,
Apraz-me que tenha gostado. Obrigada.

Janita,
Nem sempre sabemos bem o que é o certo e nem sempre as metades encaixam como se esperaria. Isso não quer dizer que não funcione ou que não satisfaça. Olha, como quando cortamos duas fatias de pão para uma sanduíche e embora não fiquem certinhas, sabem-no bem na mesma. :)

Papoila,
Bem , tenho uma já vai para 28 anos. :)

Isabel,
Sem dúvida. :)

Chic’Ana,
Se for a união certa… :)

Laura,
Um todo que desejamos harmonioso. :)

Bea,
O azul é uma das cores primárias e o encanto das cores é podermos misturá-las . :)

vitalina de assis disse...

Olá.

Que lindo post.

Analisar a metade disto ou daquilo e desejar a completude, faz de nós artistas da vida, a procura desta ou daquela pincelada que vai fechar a obra. Não saberia afirmar ser isto possível, pois me sinto incompletude, em meus caminhos.

Gostei muito.

Felicidades mil.

luisa disse...

Vitalina de Assis,
Obrigada pela visita. Gostei da ideia de sermos artistas da vida. :)

Ana Freire disse...

Como o Ying e o Yang...
Há sempre duas metades em tudo que se complementam... pois haverá algumas que terão identidade própria...
Mais um belo pedaço de escrita, por aqui...
Beijinhos
Ana