segunda-feira, 12 de junho de 2017

Para uma geografia do calçado

O homem das crocs azul-turquesa que mais tarde passou a calçar all stars amarelos apresenta agora escolhas de calçado cada vez mais ecléticas. Vejo-lhe os pés em sapatilhas brancas, em sandálias castanhas, em havaianas verdes. A voz, que ouço ao passar por ele, sempre sentado, mantém-se grossa. A escolha dos lugares onde se senta a ver passar o mundo é que parece acompanhar as mudanças que lhe observo nos pés. No tempo das crocs azul-turquesa era a avenida o seu cenário. Com as all stars amarelas aproximou-se da baixa da cidade e por palco escolheu uma esplanada de café. Agora atua num banco público da rua das lojas. Vou-lhe acompanhando o trajeto e, a confirmar-se a tendência geográfica de descer para sul, estimo que dentro de algum tempo só o conseguirei avistar à beira da doca de Faro.

14 comentários:

CCF disse...

Ah, eu digo-lhe se o vir, ando por lá muitas vezes:)
É um homem estátua ou simplesmente alguém que se senta a observar o mundo, calçado com uns sapatos sempre muito especiais?
~CC~

papoila disse...

Lá mais para o Outono ainda o apanhas de pantufas :))
Bjs

Graça Sampaio disse...

Texto inquietante e intrigante de mais... mas muito bom!

Beijinho.

mz disse...

De 2011 a esta parte, provavelmente saiu-lhe algum herança para tanto trocar de calçado. E se a voz continua grossa, mantém por certo a barriga grande, pois vai descendo,contudo permanece sentado :)

Bjnhs

Janita disse...

Andas a perseguir o homem ou é ele que te persegue a ti, Luísa??
Crocs, tenho uma brancas, uso-as quando vou para o quintal...

Pedro Coimbra disse...

Assédio??? :))))

Laura Ferreira disse...

o pior é se o apanhas descalço...

luisa disse...

CC
Não é um homem estátua… É uma personagem entre várias que vejo na cidade. :)

Papoila,
Não seria de estranhar… :)

Graça,
Na realidade a figura retratada não tem nada de inqueietante, mas que é estranha é. :)

Mz,
De heranças não sei, mas a barriga não é pequena, não… :)

Janita,
Nada de perseguições. Acontece que a figura me aparece com regularidade nos locais por onde passo. :)

Pedro,
Não. Reparei-lhe, em tempos, nas crocs e acabo por ver sistematicamente esta personagem, agora com outros sapatos. :)

Laura,
Seria um novo motivo para postar sobre o homem das crocs azul turquesa… :)

LuisY disse...

Bom texto. Eu também sou um observador incansável das modas, dos pequenos detalhes, das bainhas que sobem, das calças tão justas, que parecem que vão rebentar a qualquer momento. E o pior é que quando vamos a uma loja, dessas, das grandes cadeias, descobrimos que a camisola de malha que parecia gira, vai quase até ao joelho e é impossível enfiarmo-nos naquelas calças esterlicadas, até porque a partir dos cinquenta ganhamos corpulência. As variações da moda enriquecem a indústria do vestuário, alimentam com abundância a literatura e tornam as pessoas tolas. Só me recordo do colchão dentro do toucado do Nicolau Tolentino...

Victor Barão disse...

Interessante conjugação de factores: cor de sapatos e localização!

Sensibilidade a da Luísa para a conjugar literariamente.

Abraço

Victor Barão disse...

Troco "cor de sapatos" por cor de calçado...

Cadinho RoCo disse...

A vida está sempre nos impor mudanças e eu aqui te convidando para conhecer a nossa www.hellowebradio.com ... você.Vem!
Cadinho RoCo

Ana Freire disse...

E o estilo dos mesmos... parece que lhe vai alargando os horizontes...
Havaianas... de facto, encaminha-se para a beira mar... à velocidade do Verão... assim parece...
Um excelente texto... que lhe apanhou o rumo... na perfeição...
Bjs! Boa semana!
Ana

luisa disse...

Luis Y,
Obrigada. Por muito que lhe queiramos escapar a moda acaba quase sempre por se nos impor e se não temos algum cuidado arriscamos por vezes algum ridículo... :)

Victor,
E não é que hoje já me cruzei com a personagem? :) Devia ir a caminho do seu posto de observação. Calçava socas pretas. :)

CadinhoRoCo,
Dizem que a vida é mesmo assim, feita de mudança. :)

Ana,
Gosto de observar determinadas figuras. Esta impôs-se pela cor das crocs que em tempos usava. :)